Como montar um negócio online do zero

Aprenda como montar um negócio online, mesmo que você não tenha experiência. O e-commerce é um setor em expansão constante, proporcionando uma chance única para concretizar projetos e tornar-se empreendedor. Mas, como iniciar um negócio virtual no Brasil? Embora menos burocrático do que imaginado, o processo exige planejamento e estratégia para garantir o êxito da sua iniciativa.

Descubra agora o caminho prático em 8 etapas como montar um negócio online do zero no Brasil. Este guia simplificado oferece insights essenciais, tornando o processo acessível a todos. Ao seguir cada passo com atenção, você estará no caminho certo para concretizar seu sonho empreendedor online.

1. Defina o Foco e o Público-Alvo

Ao abrir sua loja online, é crucial determinar quais produtos serão comercializados, vinculando diretamente ao público e nicho desejados.

Pesquisa Detalhada: Conduza uma pesquisa aprofundada para compreender o comportamento dos potenciais clientes. Informações como faixa etária, renda mensal, hábitos de consumo e localização são fundamentais para estratégias mais eficientes.

Conheça as Necessidades: Descubra o que seus clientes buscam e como sua empresa pode resolver seus problemas. A inclusão da Proposta Única de Valor no plano de negócios é essencial.

Estude os Concorrentes: Analise as estratégias de venda e a comunicação dos concorrentes. Observar presença nas redes sociais, interações, promoções e vantagens oferecidas permite identificar práticas a serem adotadas, bem como oportunidades para diferenciar e destacar sua marca.

2. Gestão Financeira

Ao dar os primeiros passos na abertura de um negócio online no Brasil, evitar o equívoco comum de negligenciar o planejamento é crucial. A ansiedade de colocar o projeto em prática não pode suplantar a importância do planejamento de negócios.

Priorize o Planejamento:

Antes de tudo, compreenda a vitalidade da gestão financeira da sua loja virtual. Inicie com um mapeamento de custos e estabeleça metas de gastos. Explore o mercado, desde os produtos que pretende vender até matérias-primas e fornecedores. Inclua dados sobre seu público, analise os concorrentes e planeje as ações que implementará.

Orçamento Detalhado:

Detalhe o orçamento, reservando capital para investir em marketing, reposição de estoque e outras demandas específicas. Separe os gastos pessoais dos gastos empresariais desde o início. Embora uma loja online inicialmente possa não ser altamente lucrativa, é essencial estabelecer um salário próprio. Essa prática proporciona clareza no orçamento disponível, permitindo um controle eficaz entre as finanças pessoais e empresariais.

3. Abertura da Empresa Descomplicada: Do Nome ao Regime Jurídico

Como montar um negócio online do zero
Como montar um negócio online do zero

Iniciar um negócio demanda planejamento meticuloso, começando pela escolha do nome. Evite complicações verificando se o nome desejado já está em uso, garantindo assim um cadastro tranquilo e prevenindo contra ações de plágio.

Estilo de vida do laptop: Seu mundo, seu escritório.

Imagine transformar cada canto de cafeteria, banco de praia ou mesa de casa em um paraíso produtivo. Junte-se à revolução dos trabalhadores remotos . Explore como pode ser simples construir seu império em qualquer lugar. Clique aqui e comece hoje mesmo! 

Para conferir a disponibilidade e registrar a marca, o Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) é a ferramenta ideal.

Quanto à modalidade empresarial, o Brasil oferece opções como MEI, ME, EPP, Médio ou Grande Porte, adaptáveis ao estágio do seu negócio e passíveis de ajustes conforme o crescimento.

  • MEI (Microempreendedor Individual): Para quem fatura até R$ 81 mil ao ano, proporcionando CNPJ sem a obrigatoriedade de emitir nota fiscal. Restrição: não ser sócio de outra empresa.
  • ME (Microempresa): Limite de faturamento de R$ 360 mil ao ano, com impostos incidentes apenas sobre o faturamento.
  • EPP (Empresa de Pequeno Porte): Faturamento entre R$ 360 mil e R$ 4,8 milhões anuais.
  • Empresa de Médio Porte: Faturamento anual entre R$ 6 milhões e R$ 20 milhões.
  • Empresa de Grande Porte: Com duas modalidades, para faturamento superior a R$ 50 milhões ao ano ou entre R$ 20 milhões e R$ 50 milhões.

Definida a modalidade, o próximo passo é o regime jurídico (EI, EIRELI ou LTDA), envolvendo a escolha de sócios, se aplicável, e a distribuição de participação. Contratar um contador é a recomendação para navegar por esses detalhes.

Se, porém, você está avaliando a abertura e quer testar as vendas antes de escolher a modalidade, é possível vender na Amazon utilizando apenas o CPF. Explore suas opções antes de tomar decisões definitivas.

4. Estruturação do E-Commerce

Ao dar os primeiros passos no universo do comércio online, a criação do site é uma peça-chave. Essa plataforma será o ponto de contato entre você e seus clientes. Como abordar essa etapa crucial?

Comece pensando na construção do site. Pode-se optar por criar um domínio próprio, contratar serviços de hospedagem e elaborar um layout intuitivo. Aqui, a criatividade tem espaço, podendo contar com um profissional para desenvolver um site personalizado ou escolher uma plataforma especializada com modelos pré-fabricados e opções de customização.

Outra alternativa em alta é aderir a um marketplace estabelecido, como a Amazon. Ao ingressar na Seller Central, você gerencia sua loja de forma centralizada, do registro de produtos à interação com clientes, tudo em um só lugar.

O marketplace elimina preocupações com domínio próprio, oferece layouts prontos, diversas opções de pagamento e a visibilidade inerente à plataforma.

Para decidir entre as opções, é crucial definir o orçamento disponível, cotando diferentes alternativas. Lembre-se, este será o espaço virtual de seu negócio – cada investimento contribui para o sucesso futuro.

5. Potencialize seu marketing e divulgação

Destacar sua loja virtual depende crucialmente do marketing. Através de estratégias de divulgação, conquiste mais acessos e destaque seus diferenciais ao público. Com a vasta oferta online, é vital encontrar maneiras de tornar seu produto visível.

Explore as redes sociais, ferramentas impactantes de divulgação. Identifique onde seu público está e o tipo de conteúdo que preferem – vídeos ou textos? Instagram ou Twitter? Escolha os canais mais eficazes, construindo laços com os clientes. Poste regularmente e responda ativamente a comentários e mensagens.

O blog é outra ferramenta valiosa de marketing. Eleva seu posicionamento nos resultados orgânicos do Google. Utilize-o para orientar sobre produtos, oferecer dicas de uso, sugestões de combinações e transmitir a essência da sua marca. Integrar essas estratégias potencializa sua presença online e garante um relacionamento sólido com seu público.

6. Estabeleça as Modalidades de Pagamento

Ao embarcar na jornada de abrir um negócio online no Brasil, é crucial decidir quais formas de pagamento serão aceitas em sua loja. Para além do cartão de crédito e boleto bancário, explore facilitadores como Paypal e PagSeguro. Muitos clientes preferem essas plataformas pela praticidade de usar o saldo disponível, evitando o risco de inserir dados do cartão em diferentes sites e protegendo-se contra possíveis roubos de informações.

Cada opção de pagamento implica em custos específicos. Enquanto o cartão de crédito envolve uma tarifa mensal, a taxa por boleto emitido varia conforme o banco. Optar pelos facilitadores resulta em uma tarifa sobre cada venda; a análise cuidadosa desses custos é essencial para determinar a viabilidade dessas opções em seu negócio.

Em plataformas como a Amazon, no entanto, essa etapa pode ser simplificada. O site oferece diversas opções de pagamento, incluindo parcelamento, embora, nesse cenário, o vendedor receba o valor integral.

7. Configuração de Frete e Logística

Ao empreender no universo virtual, a etapa crítica da entrega merece atenção especial. Para assegurar uma experiência positiva tanto para o cliente quanto para o e-commerce, é crucial abordar alguns pontos-chave.

Comece informando prazos realistas, alinhados à gestão e logística da sua empresa. Manter sincronia entre a demanda de pedidos e o estoque, além de manter contato regular com as transportadoras, é fundamental para garantir datas precisas ao consumidor.

Mapear os custos envolvidos é igualmente essencial. Uma loja virtual competitiva no quesito frete tem maior probabilidade de converter vendas. Explore opções de transportadoras, ajustando conforme a região de entrega, e identifique aquelas que proporcionam vantagens mais significativas.

O acompanhamento ativo da entrega em conjunto com o cliente é uma prática altamente recomendada como parte das ações pós-venda. Essa interação fortalece o relacionamento e contribui para a satisfação do consumidor.

8. Aprimore o Atendimento ao Cliente: Da Venda ao Pós-venda

Quando se trata de impulsionar as vendas online, destacar a excelência no atendimento ao cliente é essencial. A jornada de compra não se encerra no momento da venda; pelo contrário, manter contato e demonstrar preocupação com a satisfação do cliente é uma estratégia para fidelizá-lo.

Inclua no planejamento do seu negócio uma estratégia de comunicação abrangente, que englobe desde o primeiro contato até o pós-venda. O contato inicial pode ocorrer por meio de buscas no Google, redes sociais ou marketplaces. Ofereça opções como chat, e-mail, formulário no site ou até mesmo o WhatsApp Business.

Após a entrega do produto, considere enviar um e-mail solicitando a opinião do cliente sobre a compra. Estimule a avaliação na sua loja virtual, fortalecendo sua credibilidade. Uma newsletter pode manter esse diálogo aberto, fornecendo promoções e informações relevantes, mas evite sobrecarregar a caixa de entrada.

Cada fase desse processo é crucial para o sucesso do empreendimento online. Dedique-se a cada etapa, esteja preparado para imprevistos e, assim, enfrentará os desafios de ter seu próprio negócio com mais segurança.


Quer receber mais dicas valiosas de empreendedorismo?

Inscreva-se agora no nosso canal no YouTube para ficar por dentro de conteúdos exclusivos e acelerar o crescimento do seu negócio.

Estamos ansiosos para compartilhar conhecimentos e inspirar o seu sucesso!